Carregando…

Você já pagou caro por um equipamento?

Hoje vamos falar sobre o planejamento financeiro da depreciação, ou seja, aqueles gastos que vamos ter que fazer futuramente, como trocar um equipamento quando ele ficar velho, parar de funcionar ou ficar tecnologicamente ultrapassado.

Se você já ficou na situação de ter seu negócio paralisado por causa de defeito em um equipamento, você sabe que não é nada bom para os negócios. E se o equipamento não puder ser consertado, pior ainda. Ter que comprar um equipamento com urgência pode sair muito caro, especialmente se você não tiver o dinheiro para pagar à vista. Com os juros de hoje, se você parcelar a compra de um equipamento, é possível que o valor pago seja suficiente para comprar dois equipamentos à vista. E isso ocorre muito, pois é muito comum as empresas terem em seus estabelecimentos equipamentos antigos, ultrapassados ou que dão muito defeito.

Essa situação ocorre porque a maioria dos micro e pequenos empresários, como também os profissionais autônomos e liberais, não se preparam financeiramente para a troca desses equipamentos.

Provavelmente você tem no seu estabelecimento um equipamento do qual você não possa deixar de ter, mas que também não lhe atende totalmente, seja por estar deteriorado ou por estar tecnologicamente defasado. Talvez você seja um dentista e tenha uma cadeira odontológica que dá defeito toda semana, ou talvez você seja dono de uma oficina mecânica e deixe de atender vários clientes porque os seus equipamentos eletrônicos não funcionam nos carros modernos.

Mas o que você queria era poder atender seus clientes sem que essas questões de equipamentos atrapalhassem, mas ao contrário, que lhe ajudassem a prestar o melhor serviço possível e a atrair novos clientes.

Mas isso tem solução. Uma solução que pode lhe ajudar a evitar muita dor de cabeça e também a economizar, e até mesmo a ter mais lucros. Mas já aviso que não é nenhuma solução mágica. Se você tem um equipamento que precisa trocar hoje, infelizmente não posso te ajudar, mas essa estratégia poderá evitar que você passe novamente por essa situação. O que você precisa fazer é uma reserva de depreciação.

O primeiro passo é calcular o quanto você precisa reservar mensalmente para cobrir esses gastos gerados pela depreciação dos seus equipamentos. Faça um levantamento dos equipamentos indispensáveis para sua atividade e, para cada um, descubra o preço do equipamento novo e quanto tempo de vida tem o seu equipamento. Ao dividir o preço do equipamento pelo tempo de vida (em meses) você terá o quanto precisa reservar para cada equipamento. Some os valores mensais de cada equipamento e você terá o quanto precisa reservar mensalmente para poder ter o dinheiro que vai precisar quando chegar a hora de fazer a troca.

Esse valor deve ser reservado mensalmente. E é necessário que você esteja comprometido com sua reserva, pois provavelmente você terá um valor alto, que aparentemente não há necessidade de estar parado, mas que fará falta se você utilizar para outros fins.

E, além de evitar o sufoco financeiro na hora da troca dos equipamentos, essa reserva também tem pelo menos outras duas vantagens. Na hora de fazer a compra do novo equipamento, você verá que poderá conseguir uma compra ainda melhor quando disser para o vendedor que quer comprar à vista. O desconto é certo. E, enquanto não chega a hora de utilizar o dinheiro, essa reserva poderá lhe render dinheiro, o chamado lucro não operacional, advindo dos rendimentos financeiros de uma conta poupança ou de renda fixa onde o dinheiro estiver guardado.

Ter essa segurança financeira é possível para qualquer negócio. Para ter essa segurança financeira, basta estar comprometido com o seu sucesso, e isso eu tenho certeza de que é o que você quer. Então, veja quais são os equipamentos indispensáveis para sua atividade e começa hoje mesmo a fazer sua reserva de depreciação.

Compartilhe com a gente: você já tem a sua reserva de depreciação?

 

Estamos preparando um curso onde você irá aprender como fazer a gestão do seu consultório ou clínica de forma bem prática e melhorar os seus resultados.

Deixe uma resposta